Back To Top

Soma Criação

Empreender Série: dia-a-dia #01

A ideia era começar esse novo semestre com passos largos, mas como de costume a vida vem, pega a gente no colo e vai mostrando que o tempo é rei.

A vida de empreender tendo filhos

Empreender me possibilita ser a mãe que eu sempre quis, mas isso não é nem mais e nem menos difícil que a vida de quem opta por continuar num clt por exemplo. No entanto, o foco dessa série é falar do dia-a-dia e dos desafios de empreender enquanto desempenhamos outros papéis que são tão importantes quanto o profissional.

Todas as áreas da vida importam

Sim, todas eles! Do profissional aos hobbies, até mesmo o fato de gostar – e precisar – não fazer nada. Pra quem gosta e tem o costume de ler e procurar conteúdos sobre organização, propósito e empreendedorismo com certeza já se deparou com a ideia de que ás áreas da sua vida são um complemento e juntas elas formam o todo que é você e a sua vida.

 

Tudo pode mudar

Eu já tinha tentado empreender outra vez, durou pouco mais de um ano e no fim das contas acabei voltando para o mercado de trabalho. Precisava amadurecer mais e aprender mais, assim foi!

Fiquei três anos em uma distribuidora que foi uma verdadeira escola, ainda que tenha saído de lá muito sobrecarregada e com fortes crises de ansiedade. Sim! Foi dai que voltei a ideia de empreender e nasceu a Soma Criação!

Hoje, que escrevo e que esse post está sendo publicado, comecei uma especialização na parte de educação, isso mesmo, e a ideia é que a Soma seja mais voltada para esse nicho, mas tudo aos poucos. Falei um pouco disso na nossa carta ao Leitor do mês de Agosto, vai lá conferir.

 

Se empreender é a sua decisão, tenha um CNPJ

Se você decidiu de fato empreender, já tem seu plano de negócio e tudo estruturado, não deixe para depois a oficialização do seu negócio. Você passa muito mais credibilidade e confiança ao cliente quando mostra que sua empresa de fato existe.

 

Separe as contas pessoas e da empresa

Não cometa esse erro – tão comum e que eu cometo – de simplesmente pagar contas com todo e qualquer dinheiro que cai. Ainda mais você que paga aluguel, tem o escritório em casa ou colaboradores.

Essa separação é muito importante tanto pra você se alinhar ao quanto ganha, quanto para a empresa ter um fluxo de caixa e um investimento próprio.

 

E ai, o que achou do nosso primeiro post do Diário? O que mais gostaria de ver por aqui?

Post a Comment