Contato:

(11) 4214-1963 Whats

(11) 4214-1963 – Comercial

A empresa pretende atingir a neutralidade de carbono até 2050

A responsabilidade ambiental é um tema cada vez mais recorrente no cotidiano, e grande parte das pessoas se esforça para praticar a conscientização e alterar comportamentos que possam ser nocivos ao meio ambiente. Logicamente, as empresas não ficam fora desse movimento e muitas delas estão realizando verdadeiras revoluções para tornar os processos e produtos mais sustentáveis. A Ford, por exemplo, divulgou um comunicado em que se compromete em ser uma companhia neutra em carbono até 2050.

Neutralidade de carbono

A iniciativa busca cumprir as metas estabelecidas no Acordo de Paris, um tratado internacional que tem o objetivo de minimizar as consequências do aquecimento global. Para fazer dar certo, a Ford precisa reduzir a produção de gases poluentes. Consciente dos desafios, a empresa traça estratégias para atingir a neutralidade de carbono até a data combinada.

Carros e impacto ambiental

Com o projeto estabelecido, basta colocar em prática! A empresa pretende se concentrar em três áreas que totalizam 95% das emissões de dióxido de carbono: as fábricas, fornecedores e também os veículos vendidos. Além disso, a Ford planeja alimentar todas as fábricas com energia renovável até 2035.

As emissões dos veículos, responsáveis por 75% dos poluentes totais da empresa, talvez seja o aspecto mais desafiador no plano da Ford. Os carros contribuem com aproximadamente 135 milhões de toneladas de dióxido de carbono. Essa quantidade é equivalente a 35 usinas a carvão por ano!

Medidas importantes

A empresa vem adotando medidas para diminuir o impacto ambiental há algum tempo. A Ford anunciou o investimento de US$ 11,5 bilhões em carros elétricos até 2022, essenciais para cumprir as metas estabelecidas. No ano passado, houve a diminuição de 14% em relação às emissões de carbono. “Nós podemos desenvolver e produzir grandes veículos, ter um negócio forte e sustentável e proteger o nosso planeta ao mesmo tempo – na verdade, esses ideais se complementam”, afirma o vice-presidente e chefe de sustentabilidade, meio ambiente e segurança, Bob Holycross. “Nós ainda não temos todas as respostas, mas estamos determinados a trabalhar com todos os nossos parceiros locais e globais para chegar lá.”

A empresa pretende atingir a neutralidade de carbono até 2050

A responsabilidade ambiental é um tema cada vez mais recorrente no cotidiano, e grande parte das pessoas se esforça para praticar a conscientização e alterar comportamentos que possam ser nocivos ao meio ambiente. Logicamente, as empresas não ficam fora desse movimento e muitas delas estão realizando verdadeiras revoluções para tornar os processos e produtos mais sustentáveis. A Ford, por exemplo, divulgou um comunicado em que se compromete em ser uma companhia neutra em carbono até 2050.

Neutralidade de carbono

A iniciativa busca cumprir as metas estabelecidas no Acordo de Paris, um tratado internacional que tem o objetivo de minimizar as consequências do aquecimento global. Para fazer dar certo, a Ford precisa reduzir a produção de gases poluentes. Consciente dos desafios, a empresa traça estratégias para atingir a neutralidade de carbono até a data combinada.

Carros e impacto ambiental

Com o projeto estabelecido, basta colocar em prática! A empresa pretende se concentrar em três áreas que totalizam 95% das emissões de dióxido de carbono: as fábricas, fornecedores e também os veículos vendidos. Além disso, a Ford planeja alimentar todas as fábricas com energia renovável até 2035.

As emissões dos veículos, responsáveis por 75% dos poluentes totais da empresa, talvez seja o aspecto mais desafiador no plano da Ford. Os carros contribuem com aproximadamente 135 milhões de toneladas de dióxido de carbono. Essa quantidade é equivalente a 35 usinas a carvão por ano!

Medidas importantes

A empresa vem adotando medidas para diminuir o impacto ambiental há algum tempo. A Ford anunciou o investimento de US$ 11,5 bilhões em carros elétricos até 2022, essenciais para cumprir as metas estabelecidas. No ano passado, houve a diminuição de 14% em relação às emissões de carbono. “Nós podemos desenvolver e produzir grandes veículos, ter um negócio forte e sustentável e proteger o nosso planeta ao mesmo tempo – na verdade, esses ideais se complementam”, afirma o vice-presidente e chefe de sustentabilidade, meio ambiente e segurança, Bob Holycross. “Nós ainda não temos todas as respostas, mas estamos determinados a trabalhar com todos os nossos parceiros locais e globais para chegar lá.”

Add comment

Todos os Direitos Reservados a Soma Criação 2018
Open chat
1
Olá!
Que tal um bate-papo para tirarmos suas dúvidas?
Powered by